Mar da Poesia


Quero

 

Destrinçar teus cabelos

E trinçar nossos anelos

Há tanto perdidos   

 

Desvelar a tarde

E guardar do sol os tons de ouro

Que cobrem o rio

 

Desvincar o rosto

Esquecer qualquer desgosto

E explorar sorrisos

 

Desvirginar dezembro

 

E se puder, (se bem me lembro

como se faz,)

Retirar do alforje em janeiro,

a esperança e a paz.



Escrito por Jeanete Ruaro às 09h47
[   ] [ envie esta mensagem ]




 

Acércate

 

Não dista

Acércate más...

y más...

Restringe

a luz do sol ao último raio do dia

Infesta

o rio,

e os galhos do arvoredo

com frestas de prata

Dança

a dança das horas

e tatua

meus olhos com salpicos

de estrelas

Banha-me

Depois...Colhe

retalhos do véu da noite e cose-o

como lingerie negra

e me veste, como quem nada quer

Serei viúva do sol

Sou de lua!

 

 



Escrito por Jeanete Ruaro às 09h42
[   ] [ envie esta mensagem ]




Curtos

 

Agridoce

 

Teus lábios de mel

Teus olhos de jabuticaba:

Minha sobremesa agridoce.

 

Corpo & alma

 

Do corpo brotam

O suor, o grito e a alegria

As penas...A alma desfia

 

Samádi

 

Teu amor é assim:

Sem armas, front, ou guerra

Sem feridas.

Paz na terra.

 

*Samádi - Última etapa do yoga, compreensão do curso normal da existência.

 



Escrito por Jeanete Ruaro às 22h20
[   ] [ envie esta mensagem ]




 

Entre peles

 

Não há lamento,

na voz do vento.

Há farfalhos

Que secam a verve

nos poros da pele,

e incitam as pálpebras

à rapidez de asas,

num bater silencioso

 

No desatrevimento

de um vento mudo

entre a minha e a tua

pele nua

nada.

exceto o tesão

que se urde entre o suor

e a luz, na palavra

que os olhos não negam

: gozo

 

J/R 



Escrito por Jeanete Ruaro às 10h08
[   ] [ envie esta mensagem ]




 

Tormenta

 

Fustigas

Com sede de caça

Meus olhos pela íris

Lenta, quero a quietude

E, por pirraça,

Encontro

No fim do começo,

Raios!

O sol guardado em (dor)tormenta

Chuva copiosa

Junção de lágrimas

E gotas...

Muitas gotas..

 



Escrito por Jeanete Ruaro às 09h21
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sul, SAO LEOPOLDO, CENTRO, Mulher, de 56 a 65 anos, Portuguese, German, Arte e cultura, Informática e Internet
Histórico
  01/06/2008 a 30/06/2008
  01/05/2008 a 31/05/2008
  01/12/2007 a 31/12/2007
  01/10/2007 a 31/10/2007
  01/09/2007 a 30/09/2007
  01/08/2007 a 31/08/2007
  01/06/2007 a 30/06/2007
  01/05/2007 a 31/05/2007
  01/04/2007 a 30/04/2007
  01/03/2007 a 31/03/2007
  01/12/2006 a 31/12/2006
  01/11/2006 a 30/11/2006
  01/10/2006 a 31/10/2006
  01/09/2006 a 30/09/2006
  01/08/2006 a 31/08/2006
  01/07/2006 a 31/07/2006
  01/06/2006 a 30/06/2006
  01/05/2006 a 31/05/2006
  01/04/2006 a 30/04/2006
  01/03/2006 a 31/03/2006
  01/02/2006 a 28/02/2006
  01/01/2006 a 31/01/2006
  01/12/2005 a 31/12/2005
  01/11/2005 a 30/11/2005
  01/10/2005 a 31/10/2005
  01/09/2005 a 30/09/2005
  01/08/2005 a 31/08/2005
  01/07/2005 a 31/07/2005
  01/06/2005 a 30/06/2005
  01/05/2005 a 31/05/2005
  01/04/2005 a 30/04/2005
  01/03/2005 a 31/03/2005
  01/02/2005 a 28/02/2005
  01/01/2005 a 31/01/2005
  01/12/2004 a 31/12/2004
  01/11/2004 a 30/11/2004
  01/10/2004 a 31/10/2004
  01/09/2004 a 30/09/2004
  01/08/2004 a 31/08/2004
  01/07/2004 a 31/07/2004
  01/06/2004 a 30/06/2004
  01/05/2004 a 31/05/2004
  01/04/2004 a 30/04/2004
  01/03/2004 a 31/03/2004
  01/02/2004 a 29/02/2004


Outros sites
  >>Prosa&Verso encadeados<<
  Blue eyes- Lisieux
  Carlos Besenr
  Álvaro
  Anucha Mello
  Crys
  proseando com Mariza
  Palimpnoia
  Neusimari
  Antes fosse agora
  Ricardo Mann
  Ardeamor
  Bragalia
  dbellentani
  Graças
  Digressiva Maria
  Fala Poética
  luiz Tarciso
  Fragmento
  Agrestino
  Concretismo
  Lu-letras divrsas
  Loba
  Poesia&cia
  Poesia sim
  hotwheels -Mário
  Bel- belavida
  Dora Vilela
  Alex
  Ponto- Gê Geórgia
  Ponto De Vista
  Palavras ao vento
  Retalhos- Dora Vilela
  Escondidas
  Empórium
  José Maria Poesias
  Kátia Maués
  Retalhos e pensamentos
  Colcha de retalhos -Dora
  Rogério Simões- Poemas
  Mário Cézar -Coivara
  Zumbi escutando blues
  Diana Dru- Entre laços e nós
  Leo
  Revelações- Dequinh@
  Pinho
  Uma janela para o mundo
  Jucier
  Márcia Maia
  Marcia Maia
  Adelaide Amorim
  Weder poeta
  Lu -poetar
  Andre- Quintaldecasa
  Poros e cendais- Antoniel
  Espaço livre- Julia
  Dira Vieira
  Poligrafia
  Moacy Cirne
  Canteiro de obras
  Maria Borges
Votação
  Dê uma nota para meu blog