Mar da Poesia


Maria. SINAS  

 

Os olhos

o choro

a menina.

a lata

o lixo

as latinhas

um osso.

a mão

a boca

a fome

o ventre

um oco.

Só ossos,

a sina

Oh vida! Como agarrar-se

em tuas crinas?

                            J/R

 

 

Maria. 14º aniversário

 

E segue a garota. carrega sua sina

: nos braços uma boneca catada do lixo

no ventre, a segunda menina.

 

J/R



Escrito por Jeanete Ruaro às 13h40
[   ] [ envie esta mensagem ]




Saudade

 

Te busquei minuciosamente

Em cada ponto

Na colcha de renda que prende a rosa

No espaldar do sofá.

Não estavas lá.

 

Te busquei entre o veludo e a prata,

Nas folhas marcadas

Poesia e prosa

De um velho livro manuseado.

Só alguns rabiscos meus, encontrei lá.

 

Te busquei

Na beleza do rio que margeia a cidade

No brilho do sol,

Intenso e raro

Imenso e claro

Que fere os olhos, com dor de açoite

 

Te busquei na noite,

E no grito do final da tarde

Que ardente e covarde, entrega-se a ela

Ao abraço.

Abracei  meus próprios braços desolados,

Pois não estavas lá.

 

Com meus pés cansados, feito um andarilho

Tudo se arrasta pelo rastro do tempo

O aguário, o peixe, o laço, o tope de fita

fui tua menina

E o meu olhar baço encerra a busca tanta

Na ponta luminosa de uma estrela.

-És tu? –indago.

E pisca(s)...Pisca(s)...saudade

 

2006

 

 



Escrito por Jeanete Ruaro às 10h07
[   ] [ envie esta mensagem ]




 

 

Amor, vida, morte e urgências

 

Há dias em que sou

Este imperfeito de mim

Sem fim nem começo

Meio verdade, meio avesso

Meia meio virada

Pé direito calçando o esquerdo

Táctil, sem querer tocar

 

No entanto quando surges

Com o frêmito das coisas urgentes

Como se o ar perdesse o tino

E urgisse despentear avencas,

A vida é promessa realizada

Ao sabor de um simples verso

Toco-te, num ósculo forte

O amor é em nós imerso

Assim como o é na vida, a morte

 

JR



Escrito por Jeanete Ruaro às 13h51
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sul, SAO LEOPOLDO, CENTRO, Mulher, de 56 a 65 anos, Portuguese, German, Arte e cultura, Informática e Internet
Histórico
  01/06/2008 a 30/06/2008
  01/05/2008 a 31/05/2008
  01/12/2007 a 31/12/2007
  01/10/2007 a 31/10/2007
  01/09/2007 a 30/09/2007
  01/08/2007 a 31/08/2007
  01/06/2007 a 30/06/2007
  01/05/2007 a 31/05/2007
  01/04/2007 a 30/04/2007
  01/03/2007 a 31/03/2007
  01/12/2006 a 31/12/2006
  01/11/2006 a 30/11/2006
  01/10/2006 a 31/10/2006
  01/09/2006 a 30/09/2006
  01/08/2006 a 31/08/2006
  01/07/2006 a 31/07/2006
  01/06/2006 a 30/06/2006
  01/05/2006 a 31/05/2006
  01/04/2006 a 30/04/2006
  01/03/2006 a 31/03/2006
  01/02/2006 a 28/02/2006
  01/01/2006 a 31/01/2006
  01/12/2005 a 31/12/2005
  01/11/2005 a 30/11/2005
  01/10/2005 a 31/10/2005
  01/09/2005 a 30/09/2005
  01/08/2005 a 31/08/2005
  01/07/2005 a 31/07/2005
  01/06/2005 a 30/06/2005
  01/05/2005 a 31/05/2005
  01/04/2005 a 30/04/2005
  01/03/2005 a 31/03/2005
  01/02/2005 a 28/02/2005
  01/01/2005 a 31/01/2005
  01/12/2004 a 31/12/2004
  01/11/2004 a 30/11/2004
  01/10/2004 a 31/10/2004
  01/09/2004 a 30/09/2004
  01/08/2004 a 31/08/2004
  01/07/2004 a 31/07/2004
  01/06/2004 a 30/06/2004
  01/05/2004 a 31/05/2004
  01/04/2004 a 30/04/2004
  01/03/2004 a 31/03/2004
  01/02/2004 a 29/02/2004


Outros sites
  >>Prosa&Verso encadeados<<
  Blue eyes- Lisieux
  Carlos Besenr
  Álvaro
  Anucha Mello
  Crys
  proseando com Mariza
  Palimpnoia
  Neusimari
  Antes fosse agora
  Ricardo Mann
  Ardeamor
  Bragalia
  dbellentani
  Graças
  Digressiva Maria
  Fala Poética
  luiz Tarciso
  Fragmento
  Agrestino
  Concretismo
  Lu-letras divrsas
  Loba
  Poesia&cia
  Poesia sim
  hotwheels -Mário
  Bel- belavida
  Dora Vilela
  Alex
  Ponto- Gê Geórgia
  Ponto De Vista
  Palavras ao vento
  Retalhos- Dora Vilela
  Escondidas
  Empórium
  José Maria Poesias
  Kátia Maués
  Retalhos e pensamentos
  Colcha de retalhos -Dora
  Rogério Simões- Poemas
  Mário Cézar -Coivara
  Zumbi escutando blues
  Diana Dru- Entre laços e nós
  Leo
  Revelações- Dequinh@
  Pinho
  Uma janela para o mundo
  Jucier
  Márcia Maia
  Marcia Maia
  Adelaide Amorim
  Weder poeta
  Lu -poetar
  Andre- Quintaldecasa
  Poros e cendais- Antoniel
  Espaço livre- Julia
  Dira Vieira
  Poligrafia
  Moacy Cirne
  Canteiro de obras
  Maria Borges
Votação
  Dê uma nota para meu blog